Publicidade
Publicidade

Notícias Região / Janiópolis

Atraso no recolhimento do aporte do Fupemj preocupa servidores

segunda-feira, 31 outubro de 2016.

Nos últimos dias, um problema vem chamando a atenção e mobilizando os funcionários efetivos da Prefeitura Municipal em razão da denúncia de que a Prefeitura não está realizando regularmente o aporte de recursos para cobrir o déficit atuarial do regime próprio da previdência do Fundo de Pensão dos Servidores Públicos de Janiópolis (Fupemj) que envolve os funcionários efetivos da Prefeitura.
Com o atraso no pagamento do aporte referente ao por parte do prefeito Lola, a dívida atingia girava em torno de R$ 500 mil referente aos valores não recolhido.
A preocupação, tanto da diretoria do Fupemj como dos próprios funcionários, é que com o atraso que estaria ocorrendo desde junho a situação pode se tornar insustentável além de comprometer o início da administração do prefeito eleito Dr. Heitor.
Nos últimos dias foram realizadas algumas reuniões envolvendo o prefeito “Lola”, a diretoria do Fupemj e o prefeito eleito Dr. Heitor. O presidente da Câmara, Moacir dos Reis que de há muito tem registrado sua preocupação em relação ao Fupemj pela importância que representa para a vida previdenciária do servidor.
O objetivo da reunião é encontrar uma solução para a situação que poderá se agravar cada vez mais caso não seja encontrada uma solução urgente e que o pagamento do aporte volte a ser pago imediatamente.
O aporte financeiro trata-se de uma dívida contraída por prefeitos anteriores e que foram parceladas, e precisam ser pagas pelos prefeitos sob o risco da Prefeitura não conseguir certidão negativa junto aos órgãos federais e com isso, impede que a Prefeitura tenha acesso a recursos governamentais, tanto federal como estadual. Assim é o grande o risco do prefeito eleito Dr. Heitor iniciar a administração com um problema sério a resolver.
Para o vereador e atual presidente da Câmara, Moacir dos Reis, é necessário que o prefeito “Lola” encontre uma solução urgente para não comprometer a futura administração. Se o aporte não for recolhido até o final do ano a dívida poderá se aproximar a R$ 1 milhão.
PROJETO. Segundo informações nos próximos dias a Prefeitura deverá enviar a Câmara Municipal, Projeto de Lei para ser apreciado pelos vereadores envolvendo mudanças no sistema previdenciário do Fupemj em relação a aposentadorias dos funcionários ativos.

janiopolis-4

O vereador e presidente da Câmara, Moacir dos Reis, preocupado com as dificuldades que a futura administração deverá enfrentar em relação as dívidas com o Fupemj

janiopolis-5

O prefeito “Lola” enfrenta sérias dificuldades para recolher o aporte do Fupemj e Prefeitura  corre o risco de ter as certidões suspensas

 

Comentarios

Publicidade
domsegterquaquisexsáb
15161718192021
22232425262728
293031    
       
     12
2425262728  
       
      1
3031     
     12
24252627282930
       
  12345
2728293031  
       
2930     
       
    123
25262728293031
       
    123
18192021222324
25262728   
       
 123456
78910111213
21222324252627
28293031   
       
     12
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
       
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
       
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
       
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
       
      1
9101112131415
23242526272829
3031     
    123
252627282930 
       
 123456
14151617181920
21222324252627
28293031   
       
      1
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30      
   1234
567891011
       
   1234
12131415161718
19202122232425
262728    
       
293031    
       
    123
11121314151617
       
  12345
13141516171819
27282930   
       
      1
23242526272829
3031     
    123
18192021222324
252627282930 
       
28293031   
       
   1234
567891011
       
     12
3456789
17181920212223