Publicidade
Publicidade

Notícias Geral

Governador antecipa pagamento do 13º e da folha de dezembro

segunda-feira, 2 dezembro de 2019.

Décimo será depositado dia 4 de dezembro e salários no dia 23. Medida beneficia 300 mil servidores ativos, pensionistas e aposentados. Ratinho Junior também liberou o terço de férias para todos os servidores que têm direito ao benefício nesta época.

O governador Ratinho Junior vai beneficiar cerca de 300 mil servidores com a antecipação do 13º salário para está quarta-feira

O governador Carlos Massa Ratinho Junior determinou nesta quinta-feira (28) a antecipação do pagamento do décimo terceiro salário dos funcionários estaduais para 4 de dezembro. O valor será depositado integralmente na conta de aproximadamente 300 mil servidores ativos, pensionistas e aposentados. A folha adicional chega a R$ 1,83 bilhão.

Ratinho Junior também autorizou o pagamento antecipado da folha normal de dezembro no dia 23. Na mesma data, serão depositados valores relativos ao terço de férias para todos os servidores que têm direito ao benefício. Normalmente, os vencimentos do funcionalismo são liberados no último dia útil do mês.

“Estamos antecipando o pagamento para 4 de dezembro devido à importância dos servidores no dia a dia do governo. Isso só acontece graças à organização financeira do Estado, que estamos levando de uma forma muito rígida”, explicou o governador. “Essa antecipação ajuda os servidores a programar férias, fazer as compras de Natal. É o governo contribuindo com o fim de ano do funcionalismo” – completou.

Segundo governador, a adoção das medidas é possível em razão da austeridade na gestão financeira do Estado, da reforma administrativa e dos cortes de custeio promovidos durante todo o ano. “Esta é uma demonstração de que temos as contas públicas em equilíbrio e uma forma de valorizar o servidor público” – destacou Ratinho Junior. “Fizemos esforços, cortando mordomias e privilégios. Todo esse trabalho permitiu ao Estado pagar salários em dia e, agora, fazer estas antecipações”.

DIFERENÇA. Ao menos seis estados brasileiros estão em sérias dificuldades para honrar os compromissos com funcionalismo. Em alguns casos o pagamento dos vencimentos mensais têm sido feito de forma parcelada.

Mato Grosso, Minas Gerais, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Sergipe vêm escalonando os salários e a maioria terá de recorrer a operações extras para pagar o décimo terceiro. “Não vamos deixar em nenhum momento a saúde financeira, maior ativo do Paraná, de lado”, disse Ratinho Junior. “Deixamos de lado o que era supérfluo para apostar naquilo que é mais importante para a população do Paraná” – destacou.

REFORMAS. Para reduzir despesas de custeio, o governo estadual está adotando várias medidas. A primeira fase da reforma administrativa reduziu o número de secretarias de 28 para 15 e eliminou 339 cargos. Agora está em andamento a segunda fase do processo, que tem como foco a fusão e reestruturação de autarquias.

No Sistema Estadual de Agricultura a proposta prevê a fusão do Instituto Paranaense de Assistência técnica e Extensão Rural (Emater), do Centro de Referência em Agroecologia (CPRA), da Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná (Codapar) e do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) num único órgão, que se chamará Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná.

Na área do meio ambiente, também haverá integração de órgãos. A proposta é a criação do Instituto de Água e Terra, que integra o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), o Instituto de Terras, Cartografia e Geologia do Paraná (ITCG) e o Instituto das Águas do Paraná.

QUADRO. O governo estadual também equacionou a reposição salarial de 2019, com a primeira parcela de 2% liberada em janeiro de 2020. No total, o Estado vai pagar 5,08% de reajuste.

Além disso, a atual gestão colocou em andamento concursos públicos para seleção de 2.560 policiais militares, 400 policiais civis (50 delegados, 50 papiloscopistas e investigadores), 96 peritos e médicos para a Polícia Científica, 1.269 agentes de cadeia, 400 profissionais da Saúde, 80 para a Agência de Defesa Agropecuária e 988 professores.

Também estão previstos concursos para contratação de servidores para o Quadro Próprio do Poder Executivo (QPPE), que inclui profissionais para a Administração Direta, para o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) e para o Teatro Guaíra.

Publicidade
domsegterquaquisexsáb
15161718192021
22232425262728
293031    
       
     12
2425262728  
       
      1
3031     
     12
24252627282930
       
  12345
2728293031  
       
2930     
       
    123
25262728293031
       
    123
18192021222324
25262728   
       
 123456
78910111213
21222324252627
28293031   
       
     12
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
       
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
       
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
       
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
       
      1
9101112131415
23242526272829
3031     
    123
252627282930 
       
 123456
14151617181920
21222324252627
28293031   
       
      1
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30      
   1234
567891011
       
   1234
12131415161718
19202122232425
262728    
       
293031    
       
    123
11121314151617
       
  12345
13141516171819
27282930   
       
      1
23242526272829
3031     
    123
18192021222324
252627282930 
       
28293031   
       
   1234
567891011
       
     12
3456789
17181920212223