Publicidade

Colunas

O reflexo da crise nas prefeituras

segunda-feira, 23 maio de 2016.

reflexoVem caindo ano a ano a arrecadação dos municípios brasileiros. O filé do boi antigamente, o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) não passa hoje de uma bisteca sem filé. E o ICMS vem sendo reduzido porque o consumo vem caindo drasticamente em razão do baixo poder aquisitivo da população. O salário não cresce na mesma velocidade da inflação. E o que parece ruim ficará pior.

E isto já se reflete nos municípios. Muitas prefeituras já reduziram o horário de expediente. E em várias delas até restringiram o horário em postos de saúde e em escolas. Já se fala inclusive que a partir de junho, julho muitos municípios terão dificuldades para saldar a folha de pagamentos do funcionalismo público municipal.

Não sou arauto do pessimismo. Longe disto. Minhas análises se baseiam em números disponíveis em qualquer site de economia. Nada menos que 70% das famílias brasileiras está devendo na praça. A facilidade de crédito, principalmente nas lojas, é o canto da sereia. Lindo de se ouvir, mas que afunda os consumidores incautos.

E assim nas prefeituras. Prefeito que quer se populista faz coisas que aparece aos olhos do povo, mas afunda as finanças públicas. Rodam os fornecedores e por último os servidores municipais. O momento exige cuidado. Aliás, extremo cuidado.

Nas pequenas e médias cidades a prefeitura é o maior empregador e a que mais movimenta o comércio. Atraso de salários e de pagamento de fornecedores é um péssimo negócio.

Como dizia um antigo prefeito de Cianorte e de saudosa memória – “Em tempos de crise melhor um arroz e feijão bem temperados que acrescido com um bife que você não pode pagar…”. O resultado se verifica hoje, resultado do seu jeito de administrar, a sua grande herança. A prefeitura de Cianorte está com o salário de dezembro e o 13º salário depositados em conta especial.  E mais uma reserva de R$ 3 milhões para qualquer eventualidade.

O prefeito de Cianorte, Claudemir Romero Bongiorno, não é político, é administrador. A empresa em que ele é sócio emprega duas mil pessoas. A prefeitura emprega 1,7 mil.

Comentarios

Publicidade
domsegterquaquisexsáb
     12
17181920212223
24252627282930
31      
28      
       
      1
       
     12
2425262728  
       
      1
3031     
     12
24252627282930
       
  12345
2728293031  
       
2930     
       
    123
25262728293031
       
    123
18192021222324
25262728   
       
 123456
78910111213
21222324252627
28293031   
       
     12
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
       
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
       
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
       
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
       
      1
9101112131415
23242526272829
3031     
    123
252627282930 
       
 123456
14151617181920
21222324252627
28293031   
       
      1
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30      
   1234
567891011
       
   1234
12131415161718
19202122232425
262728    
       
293031    
       
    123
11121314151617
       
  12345
13141516171819
27282930   
       
      1
23242526272829
3031     
    123
18192021222324
252627282930 
       
28293031   
       
   1234
567891011
       
     12
3456789
17181920212223