Publicidade
Publicidade

Notícias Polícia

Assassinato em Q. Centenário: Jovem morto estava envolvido em diversos crimes

quarta-feira, 7 abril de 2021.

Giovani tinha envolvimentos com ações delituosas

Desde a noite de Sexta-Feira Santa, 2 de abril, a equipe de investigadores da Delegacia de Polícia Civil estão trabalhando intensamente para elucidar o crime que foi vítima, o jovem Giovani Marinho da Silva Santos, 25 anos.

Giovani foi assassinado com 4 tiros na noite de sexta-feira, 2. Um crime que chocou a comunidade de Quarto Centenário, especialmente no Conjunto Bela Vista, onde ocorreu o violento crime, em plena Sexta-Feira Santa.

O crime ocorreu na residência da mãe da namorada de Giovani, no Conjunto Bela Vista, onde eles estavam tomando cerveja, quando dois elementos com capacete, chegaram na residência, tendo um deles encapuzado, entrado na residência e armado de revólver, e ao deparar com Giovani, sentado tomando cerveja, com a namorada e a futura sogra, o elemento efetuou diversos disparos, tendo quatro tiros acertado em cheio Giovani, que tombou morto. Em seguida o elemento saiu correndo e embarcou na moto que deixou o local em alta velocidade.

PROCURADO. De acordo com informações da própria mãe de Giovani, momentos antes do crime, dois elementos ocupando uma moto estiveram em sua casa a procura Giovani. A mãe do jovem afirmou aos elementos que Giovani se encontrava na casa da namorada.

E, menos de 20 minutos após, Giovani era morto com quatro tiros disparados pelos elementos que estarem na casa da namorada a sua procura.

MOTIVAÇÃO. De acordo com as investigações apuradas, a principal motivação do crime, estaria não somente ligada às drogas que Giovani era usuário, assim também pode ter motivação com outras situações criminosas que Giovani estaria envolvido. E, assim, a polícia não descarta que a morte de Giovani pode estar ligada a possível acerto de contas relacionado a drogas.

VIDA NO CRIME. Apesar da pouca idade, Giovani Marinho da Silva Santos, desde a sua adolescência esteve envolvido com ações delituosas.

Giovani, desde 2018, esteve envolvido com uma quadrilha que agia na região. Ele participou do assalto na Fazenda Paraty, no município de Goioerê, ocorrido na noite do dia 26 de dezembro de 2017.

Por este roubo Giovani Marinho e os comparsas Otávio Marcelino Fernandes tiveram as prisões preventivas decretada pelo juiz da Vara Criminal da Comarca de Goioerê.

Veja mais informações:

Decretada prisão preventiva em assalto (07/02/2018)

 

Quadrilha foi desbaratada e presos autores do roubo a residência em Boa Esperança (janeiro 2018)

Publicidade
domsegterquaquisexsáb
    123
18192021222324
252627282930 
       
28      
       
      1
       
     12
2425262728  
       
      1
3031     
     12
24252627282930
       
  12345
2728293031  
       
2930     
       
    123
25262728293031
       
    123
18192021222324
25262728   
       
 123456
78910111213
21222324252627
28293031   
       
     12
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
       
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
       
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
       
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
       
      1
9101112131415
23242526272829
3031     
    123
252627282930 
       
 123456
14151617181920
21222324252627
28293031   
       
      1
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30      
   1234
567891011
       
   1234
12131415161718
19202122232425
262728    
       
293031    
       
    123
11121314151617
       
  12345
13141516171819
27282930   
       
      1
23242526272829
3031     
    123
18192021222324
252627282930 
       
28293031   
       
   1234
567891011
       
     12
3456789
17181920212223