Publicidade
Publicidade

Notícias Geral

Ausência de vereadores marcou reunião do Observatório Social

segunda-feira, 5 dezembro de 2016.

Com objetivo de aproximar os vereadores eleitos do Observatório Social  para que aja um trabalho de parceria no projeto “Monitoramento  da Produção Legislativa”, que está sendo desenvolvido há 8 meses na atual Câmara de Vereadores, o Observatório Social e a Promotora Juliana Weber promoveram reunião no inicio da noite de quinta-feira, 1º, que contou apenas com a presença de três dos nove vereadores que vão compor a nova Câmara, Agilson Flauzino, Jacy da Silva e Joaquim da Ambulância.

AJUDAR. A presidente do OB, Alesandra Abrantes, foi uma surpresa a ausência da maioria dos vereadores, uma vez que a reunião era a oportunidade de aproximar os integrantes do órgão com os novos vereadores e explicar a atuação através do projeto “Monitoramento  da Produção Legislativa”.

“Estamos aqui para dizer que vamos trabalhar juntos e não contra os vereadores” – disse Alesandra que durante a reunião seriam apresentados o resultado do 3º trimestre da atual legislatura, que demonstrou que cada vereador custou para Goioerê mais de R$ 19 mil por mês. “Ainda não conseguimos identificar a efetividade dos gastos com os resultados obtidos, mas estamos trabalhando para alcançar esse resultado” – enfatizou Alesandra.

CONVÊNIO COMPROMETIDO. Além de apresentar um relatório da ação de cada vereador, o Observatório ainda prestou contas do trabalho do acompanhamento que vem sendo realizado nas obras que são executadas pela Prefeitura.

O caso mais grave envolve a creche que deverá ser construída no Jardim das Américas, que já foi licitada e devido a falhas no projeto identificado pelo Observatório, foi cancelada a licitação para que seja alterado o local que dependerá de ser desmembrado e encaminhado para a Câmara.

“Esta é uma obra que se não for iniciada este ano o município perderá o recurso e se a Prefeitura não iniciar imediatamente este processo, dificilmente terá tempo para começar a obra” – explicou o arquiteto Diogo Ribeiro, do OB.

PRINCÍPIOS MORAIS E LEGAIS. A promotora  Juliana Weber encerrou a reunião falando sobre as responsabilidades dos vereadores, principalmente no que diz respeito a legislação. Entregou uma cópia da lei de improbidade administrativa para os três vereadores presentes e destacou os princípios morais e legais que norteiam as funções legislativas.

perfil2

A promotora Juliana Weber destacou os princípios morais e legais do vereador

perfil

 

A presidente do Observatório Social, Alesandra Abrantes se mostrou surpresa com a ausência da maioria dos vereadores eleitos

 perfil1

Apenas três dos nove vereadores eleitos participaram da reunião

Comentarios

Publicidade
domsegterquaquisexsáb
     12
24252627282930
31      
28      
       
      1
       
     12
2425262728  
       
      1
3031     
     12
24252627282930
       
  12345
2728293031  
       
2930     
       
    123
25262728293031
       
    123
18192021222324
25262728   
       
 123456
78910111213
21222324252627
28293031   
       
     12
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
       
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
       
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
       
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
       
      1
9101112131415
23242526272829
3031     
    123
252627282930 
       
 123456
14151617181920
21222324252627
28293031   
       
      1
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30      
   1234
567891011
       
   1234
12131415161718
19202122232425
262728    
       
293031    
       
    123
11121314151617
       
  12345
13141516171819
27282930   
       
      1
23242526272829
3031     
    123
18192021222324
252627282930 
       
28293031   
       
   1234
567891011
       
     12
3456789
17181920212223