Publicidade
Publicidade

Notícias / Goioerê Ex-namorado de mulher agredida com ácido em Jacarezinho é incluído na denúncia como mandante do crime

quinta-feira, 4 julho de 2024.

Em Jacarezinho, no Norte Pioneiro do estado, o Ministério Público do Paraná, por meio da 3ª Promotoria de Justiça da comarca, apresentou aditamento à denúncia oferecida contra uma mulher de 23 anos que arremessou substância corrosiva, composta de hidróxido de sódio (soda cáustica), contra a ex-namorada de seu companheiro. O MPPR incluiu o homem como réu no processo, pois foi apurado que ele teria sido o mandante do crime, praticado em via pública no dia 22 de maio.

CLIQUE E FIQUE BEM INFORMADO

Confiança Store: whatsapp 98412-6399

Após a análise dos dados extraídos do aparelho celular da denunciada, descobriu-se que seu companheiro planejou o crime e que, mesmo preso, apoiou os atos preparatórios, convencendo a mulher a aderir ao plano e executar o delito, estudando a rotina da vítima e atacando-a de surpresa quando ia para a academia. Os áudios armazenados no dispositivo demonstram que o denunciado tinha verdadeiro domínio do fato criminoso, além de trazerem esclarecimentos sobre sua motivação.

Tentativa de homicídio – Após tomar conhecimento do relatório de análise dos dados, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva do investigado e instaurou novo inquérito policial para apuração de sua conduta. O Ministério Público manifestou-se favoravelmente à decretação da prisão e, concluídas as diligências investigativas necessárias, ofereceu denúncia contra ele, imputando-lhe o crime de homicídio qualificado na modalidade tentada.

O aditamento à denúncia aponta as qualificadoras de uso de recurso que dificultou a defesa da vítima, emprego de meio cruel, feminicídio (crime praticado conta mulher por razões da condição do sexo feminino) e motivo torpe, pois o delito foi cometido pelo homem em razão do sentimento de posse que nutria em relação à ex-namorada e de vingança pelo término do relacionamento, enquanto a denunciada agiu motivada por ciúmes e inveja da vítima.

O denunciado, de 28 anos de idade, já tem condenações por crimes anteriores, estando preso preventivamente desde 23 de fevereiro de 2024 por roubo majorado por concurso de pessoas e emprego de arma branca, pelo qual foi condenado recentemente em primeiro grau.

Publicidade
domsegterquaquisexsáb
21222324252627
28293031   
       
282930    
       
     12
31      
    123
2526272829  
       
28293031   
       
     12
31      
   1234
2627282930  
       
293031    
       
     12
       
      1
3031     
      1
30      
   1234
262728    
       
  12345
2728     
       
28      
       
      1
       
     12
2425262728  
       
      1
3031     
     12
24252627282930
       
  12345
2728293031  
       
2930     
       
    123
25262728293031
       
    123
18192021222324
25262728   
       
 123456
78910111213
21222324252627
28293031   
       
     12
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
       
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
       
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
       
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
       
      1
9101112131415
23242526272829
3031     
    123
252627282930 
       
 123456
14151617181920
21222324252627
28293031   
       
      1
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30      
   1234
567891011
       
   1234
12131415161718
19202122232425
262728    
       
293031    
       
    123
11121314151617
       
  12345
13141516171819
27282930   
       
      1
23242526272829
3031     
    123
18192021222324
252627282930 
       
28293031   
       
   1234
567891011
       
     12
3456789
17181920212223