Publicidade
Publicidade

Notícias Polícia

Jovem psicóloga de Janiópolis teria praticado infanticídio

terça-feira, 24 março de 2020.

O bebê foi encontrado na lixeira do Hospital Municipal; a jovem confessou o crime e esta presa em Campo Mourão

O corpo do bebê foi encontrado na lixeira do hospital municipal

      O início da semana em Janiópolis está sendo de indignação e perplexidade com a notícia que chocou a comunidade janiopolitana, envolvendo o crime de infanticídio (mãe provocar a morte do próprio filho), praticado por uma jovem de 23 anos de idade, que foi presa na tarde de ontem, segunda-feira, 23, acusada da morte do próprio filho recém nascido, cujo corpo do bebê foi encontrado em uma lixeira do hospital municipal de Janiópolis, na manhã de segunda-feira, 23.

     NO BANHEIRO DO H.M. No domingo a noite a jovem foi com a mãe até o hospital de Janiópolis, para ser atendida. Logo após a jovem se dirigiu ao banheiro onde permaneceu por longo tempo.

     A mãe ficou preocupada com a demora da filha no banheiro e achou estranho que a jovem o tempo todo rasgava papel higiênico. A mãe estranhou ainda mais quando a jovem saiu do banheiro e tinha manchas de sangue pelas pernas.

     A jovem disse para a mãe que estava a meses com a menstruação atrasada e que durante a permanência no banheiro a menstruação desceu em grande quantidade. Mesmo desconfiada a mãe foi para casa com a filha.

     NO LIXO. No dia de ontem, segunda-feira, 23, quando a zeladora encontrou o corpo de um bebê na lixeira do hospital, por volta das 7:00 horas, a Polícia Militar, assim como a Polícia Civil e o IML de Campo Mourão foram acionados.

     SUSPEITA. Logo após ao achado do corpo do bebê, as suspeitas recaíram sobre a jovem que foi atendida na noite de domingo, e que deixou um grande volume de papel higiênico com manchas de sangue, no banheiro.

     Em principio, ela negou para a equipe da PM, de Janiópolis e concordou em ir até o hospital para realizar exames. Mas logo após negou acompanhar policiais até o hospital.

     A Polícia Militar de Janiópolis, entrou em contato com a Delegacia de Polícia de Campo Mourão e houve o pedido para que a moça fosse conduzida até a Delegacia para ser ouvida. Na delegacia a jovem acabou confessando ser a mãe do bebê encontrado no lixo. A jovem que concluiu no final do ano em psicologia confessou que estava grávida e que escondia da família a gravidez. Ela afirma que abortou no Hospital mas nega que tivesse matado a bebê.

     EXAMES. A jovem foi indiciada e será ser submetida a exames para verificar se ela recebeu algum medicamento que pudesse ter provocado ou acelerado o aborto, bem como exames que a liguem diretamente ao bebê encontrado, para que não pairem dúvidas.

     Estes exames, juntamente com os da necropsia realizada no corpo do bebê, permitirão que a polícia possa ter a noção exata de tudo o que aconteceu.

Publicidade
domsegterquaquisexsáb
293031    
       
      1
       
     12
2425262728  
       
      1
3031     
     12
24252627282930
       
  12345
2728293031  
       
2930     
       
    123
25262728293031
       
    123
18192021222324
25262728   
       
 123456
78910111213
21222324252627
28293031   
       
     12
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
       
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
       
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
       
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
       
      1
9101112131415
23242526272829
3031     
    123
252627282930 
       
 123456
14151617181920
21222324252627
28293031   
       
      1
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30      
   1234
567891011
       
   1234
12131415161718
19202122232425
262728    
       
293031    
       
    123
11121314151617
       
  12345
13141516171819
27282930   
       
      1
23242526272829
3031     
    123
18192021222324
252627282930 
       
28293031   
       
   1234
567891011
       
     12
3456789
17181920212223