Publicidade
Publicidade

Notícias Goioerê

MP alerta que pandemia da covid-19 não é recesso escolar; pais poderão ser multados

segunda-feira, 29 junho de 2020.

O promotor Edson Ricardo  Scolari Filho alerta os pais que pandemia da covid-19 não é férias escolares

Preocupado com o índice de alunos que não estão assistindo as aulas remotas e nem realizando as atividades escolares, o Núcleo Regional de Educação de Goioerê procurou o Ministério Público para que ajude com o problema da evasão escolar, ainda que a distância, nos municípios da Comarca, que são Goioerê, Moreira Sales, Quarto Centenário e Rancho Alegre do Oeste.

O Promotor de Justiça, Edson Ricardo  Scolari Filho,  na tarde desta segunda-feira, 29, divulgou que uma recomendação administrativa, alertando aos pais e responsáveis de alunos que após um trabalho de orientação do Conselho Tutelar e da equipe do Núcleo Regional e Secretaria de Educação e persistindo o problema, o Ministério Público fará a intervenção e os pais e responsáveis legais negligentes com a educação de seus filhos poderão sofrer sanções previstas na legislação, entre elas multa de 3 a 20 salários mínimos e até serem processados pelo crime de abandono intelectual.

O chefe do NRE, Valdemir Mellero, pediu a ajuda do Ministério Público para resolver a evasão escolar e impedir que alunos percam o ano letivo

Segundo o Promotor, Edson Ricardo  Scolari Filho, a pandemia não significa férias escolares. “O NRE está dando alternativas para que os alunos não percam ano letivo” – disse o promotor, explicando que são vários os canais que os pais e alunos possam acessar para participar das atividades e aqueles que não dispõem de nenhum recurso, as escolas estão disponibilizando material impresso.

Ainda conforme o promotor, Edson Scolari Filho, na última sexta-feira, 26, foi realizada uma conferência entre os integrantes da rede de proteção, e entre as decisões tomadas estão o levantamento do número de alunos que não estão entregando as atividades, para então dar inicio ao protocolo da evasão escolar.

DENÚNCIAS. Quem souber de alunos que não estão participando das atividades que as escolas estão repassando diariamente, pode denunciar ao Conselho Tutelar do respectivo município e se a situação  não for solucionada, a denúncia  poderá ser feira junto a  a 2ª Promotoria de Justiça através do  WhatsApp 3522-2084.

 

 

Publicidade
domsegterquaquisexsáb
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
       
      1
       
     12
2425262728  
       
      1
3031     
     12
24252627282930
       
  12345
2728293031  
       
2930     
       
    123
25262728293031
       
    123
18192021222324
25262728   
       
 123456
78910111213
21222324252627
28293031   
       
     12
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
       
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
       
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
       
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
       
      1
9101112131415
23242526272829
3031     
    123
252627282930 
       
 123456
14151617181920
21222324252627
28293031   
       
      1
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30      
   1234
567891011
       
   1234
12131415161718
19202122232425
262728    
       
293031    
       
    123
11121314151617
       
  12345
13141516171819
27282930   
       
      1
23242526272829
3031     
    123
18192021222324
252627282930 
       
28293031   
       
   1234
567891011
       
     12
3456789
17181920212223